Plataforma Notícias Ordem Engenheiros Região Norte - “A mobilidade elétrica é um importante contributo para a mobilidade sustentável”

“A mobilidade elétrica é um importante contributo para a mobilidade sustentável”

26 Novembro, 2018

José Manuel Freitas, vice-presidente da Ordem dos Engenheiros – Região Norte, esteve em representação da Ordem dos Engenheiros – Região Norte (OERN) , nas Jornadas da Mobilidade Elétrica 2018, no passado dia 23 de Novembro no ISEP.

Na sua intervenção o dirigente da OERN lembrou que é importante discutir algumas mudanças ocorridas e previstas no setor da mobilidade elétrica em Portugal, nomeadamente “soluções tecnológicas na eletrificação no setor dos transportes, infraestruturas e gestão da mobilidade, inspeção, manutenção e gestão, observância das metas nacionais de eficiência energética.”

José Manuel Freitas apontou ainda que “a deslocação de pessoas e mercadorias deve ser feita de uma forma cada vez mais sustentável. A aplicação do conceito de sustentabilidade à mobilidade exige que se encare a mobilidade elétrica como um caminho para alcançar esse desígnio.” Da mesma forma que assinalou que “a mobilidade elétrica é um importante contributo para a mobilidade sustentável e para o aumento da eficiência energética no transporte. As oportunidades e benefícios para Portugal no âmbito do Ambiente, da Energia, da Indústria e da Mobilidade, são grandes e possíveis de concretizar desde que se desenvolvam políticas públicas que suportem uma visão estratégica sólida.”

O objetivo destas jornadas, passou por promover o debate e análise do atual estado da mobilidade elétrica, a nível nacional e internacional, em todas as suas vertentes: legislação aplicável; tecnologias associadas (motores, baterias, carregamento); veículos autónomos; sistemas de gestão de mobilidade; inspeção, manutenção e gestão de veículos elétricos e a conversão e a conversão de bicicletas e automóveis.

Portugal, neste âmbito, encontra-se já numa fase de expansão, tendo em conta que começa a haver um conjunto cada vez maior de novos utilizadores de veículos elétricos.

No final da sua intervenção José Manuel Freitas lembrou que “não podemos esquecer a importância da engenharia para o desenvolvimento económico e social”.